quarta-feira, 2 de julho de 2014

Compras de maio/junho!

Olá, pessoal!

    Hoje vim mostrar pra vocês os livros que comprei durante os meses de maio e junho.
Foram 3 coleções e 3 livros avulsos. Os 3 livros avulsos e uma das coleções foram comprados no sebo e as outras 2 coleções foram compradas no Submarino. Vamos la?!

    O primeiro deles é O Oportunista de Piers Paul Read. Nunca havia ouvido falar do livro ou do autor, que é inglês e dramaturgo. Mas o título e a sinopse na contra-capa me interessaram bastante!
Aí vai uma sinopse do Skoob que também achei bastante interessante:

“Ao pecado sobrepõe-se o perdão. O crime leva ao castigo. Egoísmo e perversidade chocam-se com o verdadeiro ser humano e toda sua generosidade. O maniqueísmo do autor serve de ponto de partida para diversos temas de sua obra, mas a idéia principal mantém-se única: a trajetória do homem comum ao situar-se entre o bem e o mal. Neste livro retorna à sua temática preferida: o romântico herói que, após trilhar os descaminhos do crime e da desonra, recebe sua punição, convertendo-se ao bem supremo.”

Temas interessantes, não?

    O segundo livro é O Homem do Terno Marrom da Agatha Christie.

Sinopse:
“Diamantes roubados, um bela jovem, viagens, arqueólogos, amor e mistério, crime e conspiração. Desta receita fez-se "O Homem do Terno Marrom", uma das mais empolgantes obras de Agatha Christie, a grande escritora policial.”

    Ainda não li nada da Agatha, e apesar de aparentemente ter feito uma boa aquisição, quero ler uma outra obra dela que vi a Duda do blog Book Addict recomendar para quem vai começar a ler Agatha. Infelizmente não me lembro do nome do livro agora.

    O terceiro livro é o famoso Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado. Também nunca terminei de ler nada do Jorge Amado. Comecei Dona Flor e Seus Dois Maridos, mas infelizmente abandonei. Mas pretendo terminar!

Sinopse: 
“O romance entre a mulata Gabriela e o árabe Nacib na pequena Ilhéus na década de 20 é um dos grandes clássicos do gênero no Brasil. Escrito em 1958, eterniza as virtudes e defeitos da mulher brasileira: sensualidade, leviandade e submissão.”

Não sei o que esperar desse livro...veremos! rs



    Agora vamos às coleções!


    Comprei O Guia do Mochileiro das Galáxias que estava em promoção no Submarino. Os livros não possuem orelhas, mas as capas são lindas, as folhas são amareladas e de boa qualidade. Me disseram que a coleção tem um humor inteligente e que provavelmente irei gostar. Tomara!

Sinopse:
“Em 12 de outubro de 1979, o mais extraordinário livro jamais publicado pelas grandes editoras da Ursa Menor (e da Terra) tornou-se acessível para a humanidade: O Guia do Mochileiro das Galáxias!
 Para celebrar os trinta anos da genialidade cômica de Douglas Adams, um box com os cinco livros da série O Mochileiro das Galáxias, todos com capas novas e divertidas!
Considerados grandes clássicos da literatura de ficção científica, O Guia do Mochileiro das Galáxias, O Restaurante no Fim do Universo, A Vida, o Universo e Tudo Mais, Até Mais, e Obrigado Pelos Peixes! e Praticamente Inofensiva encantam gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado e as histórias mais insólitas do Universo!”

Parece bom, hein!



    Comprei a coleção As Brumas de Avalon de Marion Zimmer Bradley. Esse nome sempre me chamou a atenção...Só não me pergunte porque. rs Também já ouvi as pessoas comentarem sobre essa coleção e parece ser muito interessante. Ela também estava em promoção no Submarino!

Sinopse:
“A Senhora da Magia, A Grande Rainha, O Gamo-Rei e O Prisioneiro da Árvore são os quatro volumes que compõem As Brumas de Avalon - a grande obra de Marion Zimmer Bradley -, que reconta a lenda do rei Artur através da perspectiva de suas heroínas.
Guinevere se casou com Artur por determinação do pai, mas era apaixonada por Lancelote. Ela não conseguiu dar um filho e herdeiro para o marido, o que gera sérias conseqüências políticas para o reino de Camelot. Sua dedicação ao cristianismo acaba colocando Artur, e com ele toda a Bretanha, sob a influência dos padres cristãos, apesar de ser juramento de respeitar a velha religião de Avalon.
Além da mãe de Artur, Igraine e de Viviane, a Senhora do Lago que é a Grande Sacerdotisa de Avalon, uma outra mulher é fundamental na trama: Morgana, a irmã de Artur.
Ela é vibrante, ardente em seus amores e em suas fidelidades, e polariza a história com Guinevere, constituindo-se em a sua grande rival. Sendo uma sacerdotisa de Avalon, ela tem a Visão, o que a transforma em uma mulher atormentada.
Trata-se, acima de tudo, da história do conflito entre o cristianismo, representado por Guinevere, e da velha religião de Avalon, representada por Morgana.
Ao acompanhar a evolução da história de Guinevere e de Morgana, assim como dos numerosos personagens que as cercam, acompanhamos também o destino das terras que mais tarde seriam conhecidas com Grã-Bretanha.
As Brumas de Avalon evoca uma Bretanha que é ao mesmo tempo real e lendária - desde as suas desesperadas guerras pela sobrevivência contra a invasão saxônica até as tragédias que acompanham Artur até a sua morte e o fim da influência mítica por ele representada.
Igraine, Viviane, Guinevere e Morgana revelam através da história de suas vidas e sentimentos a lenda do rei Artur, como se ela fosse nova e original.

    Adoro bruxas e a história é muito boa...acredito que irei gostar.


    E por último comprei uma coleção do Machado de Assis, de 3 livros, que provavelmente não é a completa, mas que achei bem bonita e fiquei contente de ter trazido pra casa. Nesses 3 livros há romances como Dom Casmurro e Quincas Borba, contos e algumas correspondências.
Como Machado é Machado, achei ótimo ter achado esses 3 livros em capa dura.



    Era isso o que tinha para mostrar pra vocês. Amei minhas compras, só espero que ame todas as histórias também, depois de ter lido. Volto pra contar isso pra vocês, depois, combinado?! ;)
Me contem aí se algum de vocês já leu alguns desses livros, o que achou...vou adorar saber!

Obrigada por ter lido até aqui e até a próxima!



2 comentários:

  1. Olá Vanessa tudo bom?

    Li Brumas de Avalon ano passado de uma tacada só, pois sempre gostei dessa mitologia de Avalon. Essa coleção da Marion Zimmer Badley, por remontar a história do Rei Arthur pela visão das mulheres, pelo menos pra mim, fez com que eu me apegasse mais a Morgana do que ao próprio Arthur, Merlin, etc. Agora, a coleção Mochileiro das Galáxias, SEMPRE enrolei pra comprar, tenho só o primeiro volume, mas ao mesmo tempo que tenho vontade de ler, tenho receio de me decepcionar, afinal, a maioria das pessoas que conheço, falam super bem dela e pelo menos o filme eu não gostei nadinha. Enfim, seguindo teu exemplo, preciso voltar a comprar livros kkkkkk
    Abraços!!

    Brigada Paralela

    ResponderExcluir
  2. Adoro Agatha Christie, mas nunca li O Homem do Terno Marrom! Eu amo As Brumas de Avalon! Uma leitura inesquecível (mas me fez passar muita raiva)! Espero que goste!

    ResponderExcluir