sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Resenha: Crepúsculo de Stephenie Meyer

Título: Crepúsculo
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Instrínseca
Páginas: 390
Gênero: Romance

ALERTA DE SPOILER! 

Conteúdo: Crepúsculo conta a historia de Bella. Uma jovem que se apaixona por um garoto misterioso de sua escola. Com o tempo, Bella descobre que ele é um vampiro.

Ambiente: A história começa em Phoenix, onde Bella morava com a mãe, Renée e depois passa-se em Forks, quando Bella já está com o pai, Charlie. Acredito que maioria dos fatos acontecem na escola. 

Enredo: A história se inicia com a chegada de Bella à cidade de Forks. Quando chega, Bella causa certo furor na cidade, por ser uma cidade pequena em que todos se conhecem. Em pouco tempo, apesar de não gostar da cidade, ela faz algumas amizades. 
Ela conhece também, Edward Cullen, um colega que senta com ela nas aulas de biologia e que aparentemente não gosta muito dela, já que quando está ao seu redor tenta se distanciar ao máximo e a olha de forma incomum. Bella acha tudo isso muito estranho e fica intrigada. Até que um dia, quando ela está no estacionamento da escola, Edward a salva de ser esmagada por um carro, usando somente seu corpo. Ele simplesmente se coloca entre o carro e ela. A partir deste dia ela se convence de que há, de fato, algo de diferente em Edward. Um dia Bella viaja com os amigos e Jacob, um velho amigo de Bella, conta a ela uma história de família e revela que Edward é um vampiro, assim como o resto de sua família. Apesar da notícia e dos esforços de Edward para que fiquem separados, o relacionamento dos dois vai se estreitando e logo os dois estão apaixonados. Tudo está bem, até que num dia Edward decide levar Bella para assistir à um jogo de beisebol com a sua família e um grupo de vampiros aparece e um deles decide que quer a qualquer custo caçar Bella. A partir daí começa uma verdadeira caçada. Os Cullen tentam protegê-la de todas as formas possíveis. Bella acaba frente a frente com o vampiro que quer matá-la, mas felizmente, os Cullen conseguem salvá-la. Depois que o vampiro é derrotado, Bella é levada para um hospital onde encontra sua mãe. Lá, Renée tenta convencer a filha a voltar para casa, mas Bella resolve ficar em Forks.  Depois disso ela vai ao baile da escola com Edward. Lá, Jacob a encontra e, transmitindo um recado de seu pai, diz pra ela ficar longe de Edward. Bella não dá ouvidos e o livro termina com o casal de namorados do lado de fora da escola conversando.

Personagens: Quanto aos personagens eu não me encantei com nenhum. A Bella (Isabella Swan), é a protagonista. Ela é uma adolescente desajeitada e meio fechada. Eu a achei também meio enjoada e chata. De tudo ela reclama. Por outro lado achei interessante o fato dela cozinhar e cuidar do pai.
Edward Cullen, é o garoto misterioso que na realidade é um vampiro. E pra mim ele foi, acho que...indiferente.
Jacob Black, é filho de um amigo antigo do pai de Bella (Billy), os dois tiveram certa convivência na infância e se reencontram. Jacob gosta de Bella, mas ela não o corresponde. Acho que a Bella deveria ficar com o Jacob. Sou muito mais ele do que o Edward.

Linguagem: A linguagem do livro é simples, não há nada de rebuscado. Há bastante diálogo e, até onde consigo me lembrar, as partes descritivas não são cansativas.

Conclusão/Opinião: No geral, o livro é um bom passatempo, mas para por aí. Ele não te faz refletir, nem nada assim. É simplesmente um romance vampiresco! rs Eu gostei da história, pois adoro romance, adoro a mistura romance + vampiros, mas eu poderia gostar mais do que gostei. Acho que faltou alguma coisa que não sei dizer o que é. Talvez tenha achado a história um pouco sem graça.
Algo que me incomodou foi a atração que a Bella sente pelo Edward, e vice-versa. Achei meio exagerada. Isso foi algo que estranhei um pouco. Até fui falar com uma amiga que gosta da saga sobre essa atração mútua, e ela me disse que nos outros livros você consegue entender melhor o porque da atração dos dois, e que é como se um tivesse nascido para o outro e etc. Mas ainda assim foi algo que me incomodou um pouco. Outro aspecto que me incomodou foi a chatice da Bella. Me lembro que achava ela muito enjoada. Mas houveram também cenas em que eu ri justamente por causa dela, como uma em que ela quer ficar acordada com Edward enquanto ele está na sua cama, e eu vi uma Bella bem espertinha ali. Nem me lembro se a cena é de fato engraçada, mas eu achei graça. 
No início do livro eu estava empolgada para saber como a história se desenrolaria, como seria o ápice e etc, mas realmente, para mim, deixou algo à desejar. 
Portanto, até gostei desse livro, mas não pretendo ler os outros da saga.

Classificação: ** 

Curiosidade!

Stephenie Meyer declarou que a maçã na capa de "Crepúsculo" representa o fruto proibido do livro de Gênesis. Ela simboliza o amor de Bella e Edward, o que é proibido, semelhante ao fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, como está implícito pela citação de Gênesis 3:3 no início do livro. Representa também o conhecimento de Bella daquilo que o bem e o mal são, bem como a escolha que ela tem do "fruto proibido", Edward, escolhendo ou não vê-lo. Em uma das cenas do filme, uma maçã cai e Edward a pega. O jeito que ele pegou a maçã com as duas mãos formou a imagem da capa.

PS.: Me digam o que acharam da resenha ter sido escrita por partes. Vocês gostam assim? Acham que de alguma forma facilita a leitura, ou não? A opinião de vocês é importante pra mim, se puderem, por favor, comentem me respondendo. Obrigada! 


Um comentário:

  1. Eu já li esse livro, e não gostei muito não...
    http://cantinhos2livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir