quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Resenha: O Dia Em Que Te Esqueci - Margarida Rebelo Pinto


Título: O Dia Em Que Te Esqueci
Autora: Margarida Rebelo Pinto
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 173
Gênero: Romance



Sinopse: O dia em que te esqueci, segundo livro de Margarida Rebelo Pinto lançado pela Bertrand Brasil, apresenta uma carta de despedida dirigida a um grande amor. Uma das escritoras mais importantes de Portugal na atualidade, vendeu milhões de exemplares em toda Europa e conseguiu um enorme número de fãs por vários países. Uma história sobre os caminhos que as pessoas precisam percorrer para alcançar o verdadeiro amor, traduzida numa narrativa envolvente e sensível, que leva mais uma vez o leitor a uma viagem interior à descoberta dos seus próprios sonhos e medos.

O Dia Em Que Te Esqueci é, na verdade, uma carta que nunca chegou a ser entregue ao destinatário. É um desabafo, uma confissão e uma despedida. A carta em si vai sendo revelada aos poucos, e com ela, a dolorosa história de um antigo relacionamento.

Apesar de ser um livro que não apresenta quase nenhuma dificuldade para ser lido, a escrita de Margarida Rebelo é maravilhosa. Cheia de poesia. Às vezes dá vontade de parar de ler imediatamente e correr para anotar, ou marcar um trecho para não perdê-lo (eu fiz isso várias vezes). Até quando ela fala do que falta no homem em que amou ela não desce do salto. Como na frase: “Podias até ser sincero, costumas sê-lo comigo. A tua dificuldade reside em seres sincero contigo próprio.” Há várias dessas frases ao longo do livro. 

Além de seu modo de escrever e de suas frases fortes, o que também me chamou a atenção é que Margarida faz uso de pedaços de música (ela cita Chico Buarque e Elis Regina, entre outros) e pequenas frases em inglês. Para mim isso foi algo que deixou a leitura mais informal, mais íntima e, por isso mesmo, mais gostosa.
Quem me conhece sabe que sou suspeita para falar porque me identifiquei muito com o livro, mas recomendo. Li em algumas horas porque não conseguia tirar os olhos do dele, tinha que saber o que aconteceria. Vale a pena!

“Para todas as mulheres que viveram um grande amor. A todos os homens que o perderam.”  (Capa)

Só esta frase da capa, e também a sua beleza, já me ganharam...eu me apaixonei, e tive que trazê-lo pra casa. 



- Aiai...quem mais curte um romance aí?
Beijos,



5 comentários:

  1. Oi Vanessa! Acabei de conhecer seu novo cantinho e gostei bastante da sua primeira resenha. Bem-vinda à blogosfera literária hehehe! Gostei muito do trecho do livro que você colocou no post e um dos motivos que mais me fizeram ter curiosidade em relação ao livro foi a nacionalidade da autora. Tenho interesse em conhecer mais da literatura portuguesa contemporânea e esse interesse vem principalmente do fato de ser fã de Saramago.

    Bjinhos!
    livrolab.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline!
    Obrigada pelo comentário, a visita e as boas vindas!
    Ah, se vc quer conhecer mais então vale a pena ler esse livro...é lindo mesmo! É o primeiro livro que leio dessa autora, pq não a conhecia ainda, mas espero poder ler outros, pq depois desse dá vontade, viu!
    Não li nenhum do Saramago...Ensaio sobre a cegueira é dele, não é? Tenho vontade de ler esse.

    Beijos! E obrigada, novamente!

    ResponderExcluir
  3. Também gostei da primeira análise do blog! Ficou bem pessoal, o que é o foco de se ter um blog: mostrar as suas reais percepções sobre a obra. Muito bom e continue assim.

    Quanto ao Saramago, só li um livro dele, que é justamente o Ensaio sobre a Cegueira, que eu ganhei de presente. Sempre quis ler o Evangelho segundo Jesus Cristo, mas nunca o fiz. Um dia eu o compro para ler. Ah, e também ouvi falar bastante sobre o Todos os Nomes.

    Continue postando, não desista nunca (depois de um tempo, após começar um blog, a pessoa sente vontade de desistir e depois se arrepende; não o faça que tudo se ajeita no caminho. Sei por experiência própria). Se precisar de alguma ajuda, estarei por aqui!

    ResponderExcluir
  4. Brigada, Joãozinho! Fico feliz que tenha gostado!
    Obrigada pelas dicas, sempre muito úteis! Não desistirei! :)
    Você ainda está com algum blog ativo? Vou fuçar pra descobrir! rs
    Quanto aos livros que vc citou só conheço Ensaio sobre a cegueira mesmo. Mais um livro pra colocar na lista de leitura.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Está aí um livro que me arrependi de não ter solicitado! Ele parece ser lindo mesmo, todo poético e íntimo e... Ah... Suspirei agora! Fiquei com vontade de lê-lo! Eu também adoro essa capa!
    Beijos, Ni :*

    ResponderExcluir